SOCR@T-S

O inventário Socr@t-s é constituído por 54 adjetivos do teste L.A.B.E.L. e por 54 frases do COMPER a serem respondidos em uma escala de Likert de cinco graus.
Esta lista de 108 itens é utilizada para calcular um perfil multidimensional da personalidade profissional aplicando os mais recentes avançados desenvolvimentos do Método Funcional.

Ao contrário do L.A.B.E.L. (e a diferença é importante para ser salientada) o  Socr@t-s apresenta uma medição combinada de traços que representam ao mesmo tempo as características de personalidade e as competências profissionais. Neste sentido, o Socr@t-s se aparenta ao teste COMPER sendo mais curto, menos analítico e mais simples de interpretação o que facilita o entendimento para qualquer pessoa até sem formação psicológica.

PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS:

Como os outros testes de Método Funcional, o Socr@t-s calcula todos os índices de controle da aplicação e fornece escores brutos absolutos em uma hierarquia intrapessoal que permite a comparação das características entre si.

Estes escores brutos são também padronizados em escores G permitindo assim comparar cada resultado com uma norma.
Este processo, bem conhecido, identifica as "forças" e os "pontos fracos" observáveis em referência aos resultados de um grupo cujas características devem ser bem conhecidas.

Os estudos têm demonstrado (ver manual) uma fidedignidade elevada das diferentes escalas. Isto é possível graças à originalidade do Método Funcional que não faz depender a fidedignidade do número de itens a cada escala: todos os itens contribuem ao cálculo de todas as escalas, com pesos diferentes. O modelo sumativo dos testes clássicos, muito limitado e restritivo, não é utilizado nos testes de Método Funcional.

O Socr@t-s inova ao oferecer uma parametrização da escala de resposta.
Pela primeira vez na história da psicometria, a escala de Likert de cinco graus é parametrizada em função do peso que o sujeito dá a cada uma das cinco categorias. Portanto, não se trata mais de considerar uma simples escala ordinal de Likert cujos espaços entre as categorias são indevidamente supostos iguais (escala de intervalos), mas como uma escala de razão com um ponto zero (ponto médio). Os intervalos entre as categorias têm um sentido métrico; eles representam o peso que a pessoa dá a cada uma das cinco categorias quando responde.

A segunda inovação do Socr@t-s é que a correção das respostas com o Método Funcional permite avaliar a probabilidade de falsificação das respostas quando o teste é aplicado em situações de desafio (recrutamento e promoção, em particular). Este índice, denominado "Índice de falsificação" (IF) serve para modular a confiança que se pode acordar aos resultados fornecidos por uma pessoa em uma situação de seleção. Serve para orientar a entrevista de forma a identificar possíveis exageros na maneira de se descrever e particularmente o viés que consiste em descrever o cargo alvejado, ao invés de si mesmo.

A aplicação do Socr@t-s é efetuada on-line mediante senhas de acesso liberadas por psicólogos certificados. A correção é realizada por um sistema computadorizado centralizado.

O tratamento das respostas ao Socr@t-s com o Método Funcional também permite
fornecer resultados derivados. É possível, por exemplo, obter a Marca Psíquica da personalidade como se respondente tivesse se submetido ao L.A.B.E.L., mas os resultados são obviamente influenciados pela avaliação das competências (respostas às frases) presentes no Socr@t-s.

No mesmo sentido o Socr@t-s também fornece os resultados ao teste de Myers Briggs (MBTI), descrevendo com precisão a interpretação dinâmica do código de 4 letras em termos de função dominante, auxiliar, terciária e inferior.

CAMPO DE APLICAÇÃO E UTILIZAÇÃO:

Socr@t-s é um instrumento simples de utilização e interpretação usado em todas as situações em que as tentativas de viés podem ser suspeitas, especialmente nas organizações e em situações de contratação. A tendência à "manipulação" é claramente medida pelo teste em escores G, bem como a coerência do perfil, uma vez que aparece purificado desse fenômeno parasita (muito útil de ser observado e quantificado).

Pode também ser utilizado em todas as situações onde pessoas em dificuldades à procura de emprego, mas que estão em uma situação semi-depressiva ou com estresse pós-traumático após a perda de um emprego. Em tais situações o SOCR@T-S calcula o perfil da pessoa que deve aparecer na ausência da tendência a se desvalorizar do ponto de vista profissional. Neste sentido, o teste pode ser utilizado como uma ferramenta para orientar um processo de coaching na medida em que mostra a meta a ser alcançada, mas também indicando muito claramente o nível de desmotivação e, portanto, o tamanho do trabalho de suporte.

A aplicação dura cerca de 12 minutos

 

CRITÉRIOS DE CONFIABILIDADE:

 

Os dados para o cálculo das fidedignidades pela prova bipartida como também os índices de validade são apresentados no manual e atualizados regularmente. 

 

CLIQUE PARA ACESSAR A FORMAÇÃO ONLINE SOCR@T-S

Moityca Eficiência Empresarial Ltda.

Estrada do Itajurú, nº566 - Itanhangá - RJ
Fone: +55 21 3215-6355
contato@moityca.com.br